Gorduras saturadas
Artigo

Gorduras saturadas

Gorduras saturadas são também conhecidas como más gorduras. Não são boas para o corpo, uma vez que aumentam os níveis de colesterol mau no sangue, que consequentemente aumenta o risco de doença cardiovascular.

A principal diferença entre gorduras saturadas e insaturadas depende da estrutura química de ambas as gorduras. No caso das gorduras saturadas, os átomos são mais próximos uns dos outros, o que garante que as gorduras são duras e firmes, bem como um alto ponto de fusão.

O QUE SÃO GORDURAS SATURADAS?

Gorduras são sempre uma combinação de gorduras saturadas e insaturadas. Uma gordura é denominada saturada, se a maior parte da gordura consiste nela. É o caso, por exemplo, das gorduras de origem animal, que consistem principalmente em gorduras saturadas duras.

Gorduras saturadas são encotradas em:

Manteiga

Queijo

Creme

Salsicha e carne gordurosa

Bolos (especialmente se forem feitos de manteiga)

Em snacks, como batatas fritas e croquetes

A ingestão máxima de gordura saturada depende do número de calorias que pode obter com o seu género, altura e estilo de vida. O centro de alimentação recomenda que não tome mais de 10% da sua ingestão calórica diária de gordura saturada. Para as mulheres isso equivale a cerca de 22 gramas de gordura saturada por dia e, para os homens um máximo de 28 gramas. O rótulo de um produto indica quanto de gordura saturada contém. Por exemplo, uma pizza salame contém 13,6 gramas de gordura saturada, uma fatia de bolo de manteiga 4 gramas e um pedaço de peito de frango preparado apenas 1,4 gramas. O Conselho de Saúde recomenda substituir o máximo possivel de gordura saturada em gordura insaturada, para reduzir o risco de doença cardiovascular. Isto pode ser feito, por exemplo, substituindo a manteiga cremosa por margarina desnatada, margarina com baixo teor de gordura ou óleo vegetal.